CONTEÚDOS

REDEMAR Brasil inicia projeto científico para monitoramento de Baleias em Salvador

Em parceria com os projetos Aquamar, Programa de extensão interdisciplinar de preservação do oceano – Ocean Care da Universidade federal do Reconcavo da Bahia – UFRB e ACEB que se deu pelo projeto ciência cidadã para criação de uma banco de dados com avistamentos encaminhados por aplicativo de mensagem  ou por e-mail, a parceria evoluiu para o PBS (Projeto Baleias Soteropolitanas).

É importante a nossa cidade de São Salvador se reconectar as Baleias,  que estão aqui muito antes da colonização e foi matriz energética, impulsionando o crescimento econômico da cidade. É nosso dever proteger e cuidar desta que hoje nos garante muito mais benefícios viva e  por isso, é com muita Honra que iniciamos esse projeto em parceria com @aquamar_  @aceb.qualifica e @oceancarebr .  União esta em prol da preservação, do amor e também da forma sustentável de promover o whale-watching ou como chamamos TOBE  – Turismo de Observação de Baleias embarcado –  que, além de ser um novo produto na cidade também, ajudará na Ocean Literacy , o que nós do @redemarbrasil chamamos de Cidadania Oceânica e ou Oceania para o entendimento da importância do Oceano para nossa vida diária,  não só na região costeira mas na inter relação de todo estado com os serviços sistêmicos fornecidos pelo oceano.
 
A família  REDEMAR Brasil que já realiza anualmente o FB (Festival das Baleias)  há 08 anos, agora também estará com PBS (projeto Baleia Soteropolitana). O mais importante é que o projeto alinhado e alicerçado nas ODS (objetivos para o Desenvolvimento Sustentável) 2030 e com a Década do Oceano, buscará inserir as comunidades e toda a cidade com o tema para que todas, todos e todxs tenham a oportunidade de saber da historia antes e possam nos ajudar nesse desafio, descobrindo que será importante para a  nossa própria qualidade de vida a preservação das baleias!
 
Parabéns a tod@s envolvidos nesse enorme desafio e que entendamos como ciência , cidadania e políticas públicas eficientes e eficazes geram resultados, transformam situações e deixam legados.

 

Conheça um pouco sobre as justificativas do  Projeto:

Por que proteger as baleias?

Primeiramente, as baleias acumulam grande quantidade de carbono. Um estudo desenvolvido pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) demonstra que esses animais são capazes de armazenar 1,7 bilhão de toneladas de dióxido de carbono por ano, número muito acima das emissões do gás no Brasil, o que significa que eles ajudam a controlar o aquecimento global.

As baleias são espécies-chaves porque, quando retiradas de um ecossistema, diversas outras espécies deixam de existir. Elas são predadores de topo de cadeia: geralmente não são predadas por outros animais e se alimentam de uma grande variedade de espécies, controlando as populações e evitando que a biodiversidade seja afetada.

As fezes das baleias são ricas em nutrientes, incluindo Fe e N², necessários para o plâncton sobreviver. O fitoplâncton produz oxigênio através da fotossíntese, sendo responsável por capturar cerca de 40% de todo o CO² produzido no mundo! Por isso é tão importante que existam propostas e ações que estimulem a conservação dessas espécies.

As baleias apresentam um ciclo longo de reprodução. As jubartes (Megaptera novaeangliae), por exemplo, têm um filho por ano, enquanto as francas (Eubalaena australis) têm um filhote a cada três anos. Como as populações apresentam um crescimento lento, torna-se difícil restabelecer o equilíbrio rápido no ecossistema após algum evento como a caça excessiva.

O relatório emitido pelo FMI demonstra a importante ligação desses animais com as funções ecológicas e com os outros seres do planeta Terra. Apesar disso, os números populacionais das baleias preocupam,

Ao compreender o papel ecológico desses grandes mamíferos do mar e sua função como espécie-chave, torna-se muito clara a necessidade de implementação de ações de conservação das espécies, que busquem aumentar a população de baleias. Nosso desejo é que os ecossistemas marinhos possam manter-se equilibrados e com sua biodiversidade proporcionalmente adequada.

Texto adaptado de um artigo publicado no site Bióticos.

 

A relação com o MAR é da nossa natureza!
🌊🏄🏊🤽🏖🚣🛳🐳🐋🐬🐟🐠🐡🦈🐙🐚🦀🦐🦑
#Éhoradomar
#capitaldabaleiajubarte
#discoverocean #PBSwhale
#notoplastic #PBSconservation #redemarbrasil #ods14 #humpbackwhales
#omarnaoestaparaplastico #decadadooceano
@redemarbrasil
#redevivamarvivo
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest

SEJA VOLUNTÁRIO

Precisamos de novos voluntários que nos ajude a transformar o futuro de todos.

Preencha o formulário ao lado, que entraremos em contato com você.

Criado com ❤ pelo time da Ideias Movimentam. ©️ Copyright 2021 - Todos os direitos reservados.

Open chat
Precisa de ajuda?